Carregando.
Aguarde !

single image

   logo lattes logo resarcheid logo bv fapesp logo google



Francisco Scaglia Linhares

Professor de Biologia do desenvolvimento vegetal no Centro de Energia Nuclear na Agricultura/USP. Possui graduação em Ciências Biológicas (especialização em Biotecnologia) da "Università degli Studi di Roma - La Sapienza" (Itália, 1999) e doutorado em Biologia Molecular da "Universidad Autonoma de Madrid" (Espanha, 2008). Experiência nas áreas de Bioquímica, Genética, Biologia Molecular, Bioinformática, Biologia do Desenvolvimento, Genômica Funcional e Epigenética, tendo atuando principalmente nos seguintes temas: regulação transcricional, interação planta-patogeno, respostas abióticas, fitormônios, mecanismos de diferenciação celular, anatomia e biologia do desenvolvimento de plantas. Experiência com os sistemas modelo Arabidopsis thaliana e Setaria viridis.

Formação Acadêmica

  •   Biologo | 1999 | Università degli Studi di Roma La Sapienza, URS, Itália
  •   Doutorado | 2008 | Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha
  •   Pós-Doutorado | 2009 | UFV
  •   Pós-Doutorado | 2012 | Università degli Studi di Milano, UNIMI, Itália
  •   Pós-Doutorado | 2012 | UFRJ

Área de Pesquisa 

  •   Biologia do desenvolvimento
  •   Biologia Molecular
  •   Bioquímica
  •   Biotecnologia
  •   Genômica

Experiência Profissional

Desenvolvimento de estudos de biologia molecular e localização subcelular, utilizando estratégias de fusão gênica com genes reporters e epítopos (GUS; GFP; myc; HA) e subsequente análise por microscopia confocal de fluorescência. Estudos de expressão gênica a nível de tecidos através da clonagem do promotor endógeno com o gene reporter GUS e ensaios de atividade Beta-glucuronidasica. Estudos de expressão gênica por qRT-PCR. Desenvolvimento de protocolos para microdissecção a laser a partir de diferentes tecidos e espécies. Mutagênese de promotores e de domínios funcionais de proteínas. Estudos de função proteica atravès da expressão heterologa em E.coli. Estudos de epigenética através de imunoprecipitação da cromatina. Data-mining e estudos de EVO-DEVO entre diferentes espécies vegetais, tais como Arabidopsis, Tabaco, Setaria, etc.